terça-feira, 29 de novembro de 2011

manhã de azeite

Fez uma flor com a massa

Desmanchou

Moldou um passarinho

O bico muito comprido,

Asas muito largas

Virou coisa sem nome ou deformada

Embebeu em azeite quente aquiloamorfo

Primeiro dourou,

Amarronzou em seguida.

Enegreceu.

Não comeria aquiloamargo

Não comeria!

Nenhum comentário:

Postar um comentário